Hino de Chorrochó

HINO DE CHORROCHÓ

Letra: Francisco Afonso de Menezes

Música: Uberlan Miranda

 

Na terra Conselheiro outrora

Construiu grande templo com amor

Para que este povo sofrido

Elevasse preces com fervor.

 

Chorrochó és amada e querida

Por teus filhos que cantam a glória

Dos vultos que aqui passaram

E marcaram seu nome na história.

 

Ao redor da majestosa igreja

Aventureiros vieram habitar

Compondo os teus com certeza

Que tua história estão a cantar.

 

O teu nome os índios formaram

Da água do Riacho impetuosa

Que forte vai para o rio

Com os sonhos da terra saudosa.

 

Longe que um teu filho esteja

Não esquece a vida em teu seio

Uma bela fase da história

Que não se desfaz, não há meio.

 

Caatingas ralas e o sol escaldante

Estão presentes no teu viver

As secas que te acontecem

Não nos faz esmorecer.

 

Senhor do Bonfim e da vida

Caminho da história verdadeira

A cidade há de sempre triunfar

Proclamando vitórias altaneiras.